Aliança pelo Voluntariado

Pátria Voluntária anuncia a Aliança pelo Voluntariado
Campanha “Natal Voluntário” é lançada e será a primeira ação da Aliança

Com o objetivo de estimular a cultura do voluntariado no Brasil e ampliar o alcance de ações em prol dos mais vulneráveis, o programa Pátria Voluntária anunciou nesta segunda-feira, dia 09 de novembro, a “Aliança pelo Voluntariado”. O anúncio aconteceu durante evento no Palácio do Planalto, com a presença do Presidente da República, Jair Bolsonaro, e da presidente do Conselho do Pátria Voluntária, a primeira-dama Michelle Bolsonaro.

Foram convidados a compor a Aliança cônjuges de pessoas públicas como ministros e ministras; governadores e governadora; e embaixadores e embaixadoras, além de representantes de organismos internacionais que atuam no Brasil.

A secretária-executiva do programa Pátria Voluntária, Adriana Pinheiro, falou da necessidade de unir esforços na implementação de ações com impactos positivos e permanentes na vida das pessoas. “Acreditamos que juntos chegaremos mais longe, alcançaremos mais e melhores resultados, e multiplicaremos de forma exponencial a cultura do voluntariado no país, por meio de ações cívicas, de desenvolvimento sustentável, culturais, educacionais, científicas, recreativas, ambientais, de assistência à pessoa ou de promoção e defesa dos direitos humanos e dos animais” disse.

Amigos do Pátria Voluntária – Durante o evento foram entregues as premiações aos vencedores do prêmio Amigos do Pátria Voluntária. O objetivo da premiação foi o de fomentar o engajamento da sociedade, com o apoio do comércio ou indústria local, em ações de voluntariado em instituições que atendem pessoas em situação de vulnerabilidade. As instituições participantes foram indicadas pelas primeiras damas dos estados e as atividades ocorreram no período entre 1º de fevereiro e 1º de março de 2020.

Em reconhecimento à Parceria Institucional ao Projeto receberam distinção: Grupo Dorcas Adfloripa (SC); Instituto do Carinho (DF); Pequeno Cotolengo do Paraná (PR); Liga Paranaense de Combate ao Câncer (PR); e Hospital do Trabalhador (PR). Também foram homenageadas as primeiras-damas que se destacaram no projeto “Amigos do Pátria Voluntária”, mobilizando organizações da sociedade civil e fomentando o voluntariado em seus estados. Foram elas: Tatiana Lima, do Amazonas; Gracinha Caiado, do Goiás; Mayara Rocha, do Distrito Federal; Luciana Saito Massa, do Paraná. Outros sete cônjuges receberam a distinção, mas não puderam estar presentes. Além disso, dez voluntários também foram reconhecidos.

Natal Voluntário - Ao fim da cerimônia, a presidente do Conselho do programa Pátria Voluntária, Michelle Bolsonaro, lançou a campanha “Natal Voluntário”. A campanha tem por objetivo arrecadar brinquedos para crianças e proporcionar ceias de natal para idosos, sendo os dois públicos atendidos por instituições sem fins lucrativos de todo o País. A campanha acontecerá até o dia 10 de dezembro e tem por meta beneficiar 10 mil crianças e 8 mil idosos.

As entidades a serem beneficiadas devem estar cadastradas no Portal Pátria Voluntária e a destinação irá ocorrer conforme a quantidade de doações recebidas. Os brinquedos novos ou usados serão arrecadados em pontos de coleta, já os interessados em apoiar a realização de ceias, devem acessar um questionário para manifestar o interesse em fazer a doação. Tanto a lista com os pontos de coleta quanto o questionário estão disponíveis em patriavoluntaria.org

A campanha já recebeu a primeira doação. Foram 2.330,5 quilos de alimentos arrecadados durante a II Corrida do Ministério da Economia, que este ano foi virtual. Os alimentos estão sendo direcionados para sete instituições de longa permanência para idosos do Distrito Federal. A primeira instituição a receber os donativos foi a Crevin, em Planaltina – DF, que atende 36 idosos.