Voluntários apoiam atividades que facilitam criatividade e empreendedorismo em Boa Vista

Jogo “Se Vira”, que discute a realidade em contextos de migração, contou com a participação de voluntários para aplicação em Roraima

Trinta voluntários brasileiros e venezuelanos apoiaram oficinas de sensibilização em Boa Vista, Roraima, no mês de junho. A atividade faz parte do projeto “Rede de Integração Socioeconômica”, que visa despertar a criatividade e o empreendedorismo nos participantes, abrindo para novos horizontes e oportunidades locais.

Na atividade, os voluntários inscritos na plataforma apoiaram os monitores na aplicação das oficinas por meio da facilitação, buscando um melhor aproveitamento dos participantes. O treinamento ocorreu no dia 24 de junho e contou com a presença dos voluntários e monitores selecionados, que puderam se conhecer e testar a metodologia da atividade. As oficinas ocorrem em alguns abrigos para migrantes e em parceria com organizações públicas e privadas que atuam no território.

Voluntários coordenam a aplicação de jogos focados na criatividade e empreendedorismo. Foto: CIEDS

Entre as atividades realizadas estão a organização das turmas (jovens participantes) para realização das oficinas agendadas por meio das “fichas de escopo” fornecidas pela coordenação do projeto;  o suporte na tradução português/espanhol e espanhol/português durante a realização das oficinas; o apoio ao mediador durante as atividades da oficina: jogo “Se Vira”, que discute a realidade em contextos de migração. Também estão entre as atividades dos voluntários a elaboração da lista de presença (checagem do preenchimento feito pelos participantes) e entrega e coleta das pesquisas de satisfação.

Jogo tem tabuleiro de pano, para facilitar aplicação em locais vuneráveis. Foto: CIEDS

Para a equipe do CIEDS, que participou da coordenação do evento, “já durante o treinamento foi possível perceber que a falta de infraestrutura ou condição social não são limitantes na construção de melhores oportunidades”.